Quem acompanha o blog com frequência deve ter percebido que não tenho conseguido fazer atualizações diárias como normalmente sempre faço. Sim, tudo irá voltar ao normal muito em breve – eu prometo –, mas essa dificuldade está acontecendo porque estou passando por um período de mudanças e estou ficando doidinha: tempo está sendo algo cada vez mais precioso. Decidi deixar a vida em São Paulo para trás para me mudar para Salvador.

Cansei da cidade, do ritmo desenfreado de trabalho que havia me tirado a vida há mais de um ano – sim, eu não sei mais o que é sentar em um barzinho com amigos pra me distrair, não sei mais o que é fazer algo com a cabeça livre de preocupações com trabalho – e me cansei da frieza, do individualismo, do egocentrismo e do interesse de boa parte das pessoas. Tudo isso foi me desgastando e eu já não aguentava mais. Quando o meu copo transborda, eu não sofro calada: sou dessas que peita tudo e toma uma atitude porque reclamar ou chorar não vai resolver o meu problema.

Escolhi Salvador porque sinto que tenho uma ligação com a cidade…dessas coisas que a gente não consegue explicar. Amo o povo baiano loucamente: sou vidrada no sotaque deles e na simpatia da maioria das pessoas. O baiano é quente, é amável, é mais amigo e acho que é exatamente disso que estou precisando: de um pouco de quentura nesse meu coração que anda amargurado e frio há algum tempo. Retomei meus planos de fazer mestrado e vou tentar levar uma vida menos sugada pelo trabalho. Quero estar perto do mar porque simplesmente amo o vento…a água. Eu preciso dessa mudança.

2

Renovação é uma coisa ótima, mas não deixa de ser dolorida. Minha cabeça anda fervendo com tantos detalhes para resolver e claro, há aquele receio de “será que estou mesmo fazendo a coisa certa?” que fica martelando em minha mente, mas eu enfrento o medo. Há também alguns outros aspectos da mudança que me deixam preocupada, mas esses eu entreguei pra Deus faz tempo porque não há mais nada que eu possa fazer. Dependo plenamente da vontade Dele e o que tiver que acontecer em minha vida, acontecerá.

Tenho vivido algumas coisas mágicas e outras que me deixam completamente amargurada e que mexem justamente em minhas feridas. Faz uns seis dias que estou na casa de minha mãe e, depois de três anos morando fora, acreditem: não é fácil conviver diariamente. Ontem ela fez um comentário que está ligado à aparência que é algo que ela enfiou na minha cabeça desde criança e nossa….como me deu raiva, como eu fiquei brava, como eu tive vontade de explodir e dizer cobras e lagartos. Claro, quem foi magra a vida inteira jamais irá entender como as coisas são pra mim.

E aí eu fico pensando em um milhão de coisas e minha cabeça ferve e me dá uma sensação de loucura momentânea. Será que ele guardou meus copos com cuidado para que eles não quebrassem? Será que o cara do apartamento está mesmo cuidando de tudo como combinamos? Será que meu voo vai chegar no horário? Será que vou conseguir levar tudo o que preciso junto comigo de uma vez só? Quantos serás…. Sei que sofrer por antecipação é uma das piores coisas, mas não consigo não pensar em tudo!

Meu coração está em paz com a minha decisão. Sei que ficarei mais longe da família e uma das coisas que mais me doem é perder a convivência diária com minha melhor amiga, mas tenho que enfrentar, tenho que ir pra frente e não posso deixar o medo falar mais alto. Se eu for falar em medo, teria um tópico todo pra discorrer aqui, mas não farei isso porque, ao menos nesse aspecto, resolvi me poupar. Não sou apegada a muita coisa…tenho essa capacidade de me adaptar e sempre fui dessas que deu a cara a tapa porque prefiro pagar pra ver do que ficar imaginando “e se”. Eu só espero que essa nova fase da minha vida tenha reservado algumas surpresas muito maravilhosas porque eu estou precisando.

Vou pra Salvador com um estoque de band-aids e carregando na mala alguns dos cacos que consegui recolher de tudo o que vivi nos últimos tempos, mas vou feliz e confiante de que a vida vai me trazer coisas muito, muito boas. Aprendi muito com São Paulo: foi difícil e às vezes olho para trás e penso que nem sei de onde tirei forças para passar por algumas coisas, mas apanhei, cresci e sobrevivi. Hoje tenho uma história densa pra contar e uma bagagem cheia de experiências, mas que venha o novo e que venha doce, gentil e cheio de afeto porque um carinho da vida às vezes é mais do que bom: é essencial pra gente continuar acreditando!

Comentários

You May Also Like

20 comments

Reply

Encerra um capitulo pra comecar outro. Vaa ser feliz! =)

Reply

Paula,

Todo meu apoio,mudança faz hiper bem,ainda mais assim. Aconselho sim,mudar de ares,lugares,bons ventos soprem.

Sabe,quanto aos comentários,eu tb tive que reviver um tempo com minha mãe,(mas não só eu,eu e minhas meninas) cara,foi uma verdadeira volta ao passado,pior foi ver o passado tentar chegar nas minhas filhas,mas sabe,consegui enxergar que o problema não sou eu,a culpa não é minha. Vivenciei o que não queria e passei,foi melhor e mais doído que anos de terapia,mas tô aqui,contando história e entendendo muito melhor tudo.

Sorte,sucesso.

Reply

concordo com o Rick…

Reply

Queria metade dessa coragem. Só metade dela me faria uma pessoa um pouco melhor. Mais uma vez se mostrando uma GRANDE mulher! Força e perseverança… não é fácil tomar decisões e mais difícil ainda mantê-las. Só isso já mostra o quanto és capaz de enfrentar todas essas mudanças, com dificuldades ou não. E torcemos para que as dificuldades sejam as mínimas e que os resultados bons venham doces. E que tu não perca essa capacidade divina de não temer crescer, pois é de crescimento e maturidade que estamos falando. Poucos tem! Parabéns mais uma vez, Paulinha! Por ser a mulher que é e mostrar a todas nós que embora difícil… há esperança de sermos grandes e fortes assim. E esse grande passo é sim sinônimo da grandeza de espírito e desprendimento, maturidade e muita força… e deves enxergar exatamente assim, pois é exatamente o que eu admiro quando vejo os editoriais pessoais aqui do blog. Vai que Salvador te espera de braços abertos! E manda pra cá em pensamento um pouquinho dessa coragem!

Reply

Ai Camila, que linda! Meu olho tá todo cheio d’água de ler o que você escreveu! Eu também não sei de onde sai essa coragem de mudar e de enfrentar as coisas. Talvez Deus tenha me dado isso desde pequena porque sabia que a minha vida não seria fácil e que eu precisaria dessas coisas, mas sabe, de verdade…tudo o que eu quero agora é ser feliz e é me sentir bem. Faz anos que tenho me sentido amargurada e chega, sabe? Muito antes de mudar pra São Paulo eu já estava assim, então quero mesmo que seja uma renovação grande e que seja doce, branda e gentil porque eu estou cheia de calos e muitas vezes eles doem bastante.

Obrigada por compartilhar seu carinho comigo. É por causa de comentários como o seu que eu decido me abrir com vocês e me expor, mesmo às vezes sendo criticada por gente que acha que eu me abro demais. E acredite que a coragem vem e que às vezes a gente só precisa olhar um pouco mais pra dentro pra tomar a atitude que precisamos pra ser feliz! Tô contigo!

Um beijo grande <3

Reply

Que maravilha! Adoro gente corajosa!!
Eu e meu namorado pensamos em morar em Monte Verde/MG, mas ainda precisamos dar alguns passos na nossa carreira pra tomar uma decisão dessas. Carreira é uma ponto que sempre dá nó na cabeça de quem mora em SP… Aqui tem emprego em qualquer área, dá medo de arriscar ir pro “meio do nada”. Por outro lado, qualidade de vida é tudo que a gente quer!
Boa sorte, Paula!! Vai dar tudo certo!
Depois volta pra contar como foi!
Um beijo!

Reply

Paula, me senti por alguns momentos como se fosse sua melhor amiga… Suas palavras são inspiradoras, esteja certa disso.

Vai em frente, seja feliz! Se jogaaaaaaa…. 🙂

Boa sorte!

Reply

Mudança faz bem, mas dá um medo tão grande.
São fases pelas quais precisamos passar, inclusive essa de convivência necessária por alguma situação. Sei bem o que é isso e me incomodou tanto a ponto de antecipar mais mudanças em minha vida.
Mas no fundo tudo é muito bom.
Abra-se ao novo, mesmo com receio, mesmo na dúvida. Se jogue. O que importa é ir. Certeza que as surpresas virão… e serão o que você quiser ver delas. Sabendo que a expectativa é boa, será sempre o melhor.
Estou torcendo por você e sei que será fantástico, no mínimo, com muitas boas histórias a contar.

Beijão.

Reply

Boa sorte, Paula!! Também ADORO Salvador e já pensei em morar lá. É uma terra maravilhosa mesmo!!
Em relação a sua mãe, abstrai!! A minha mãe vive fazendo comentários a respeito da minha forma roliça…rsrsrs…mas acho que, ao contrário de vc, como ela mora perto, eu já nem ligo mais!
Vai ser feliz nessa nova etapa, aposto que vai conhecer um monte de gente legal….e realmente, essa cidade absorve a gente!!
Bjus

Reply

Paula, é muito complicado se mudar de cidade, mas tenho certeza que você vai ter muito sucesso! Boa sorte! =D

Reply

Olá, Paula. Navegando na net encontrei seu blog por acaso e desde que encontrei não consigo parar de fuçar e descobrir tanta coisa bacana em seus posts.! Nossa, andava prá baixo pois estou acima do peso e lendo seus artigos descobrí tanta coisa bacana, mas tanta coisa bacana que eu só tenho a te agradecer…obrigada mesmo por tudo o que você faz, pelo seu amor às pessoas, não tenho palavras para te agradecer…vá ser feliz mesmo, vá aproveitar o que a vida lhe oferece…se for prá ser feliz prá valer a pena que você tenha muita sorte nessa sua nova etapa! vá com Deus e seja feliz!! bjossss

Reply

Oi Paula, visito seu blog quase que diariamente …
Já fiz isso que esta fazendo , resolvi mudar de cidade e fui rumo a São Paulo, fui criticada , amei , chorei , me divertir, fiquei triste … e senti muita saudades !
Mas ganhei uma grande lição … que o melhor lugar do mundo e onde você esta, ainda mais se levar em consideração que Deus esta dentro de cada um de nós ! …
A vida passa tão rápido, pra que ficar fingindo que esta bem se na verdade não estar !
O melhor e identificar o que não esta bem e fazer diferente !! Vontade todos tem, mas coragem e para poucos !
A sua muitos gostariam de ter ! Parabéns e Muito Boa Sorte nesse nova fase da sua vida !! Bj

Reply

Oi Paula!
Descobri seu blog faz pouco tempo, mas de lá pra cá tenho acessado bastante, nem precisa explicar o porquê não é mesmo? kkkk Gosto dos temas q vc aborda.
Sou baiana, nasci e vivo na cidade de Vitória da Conquista, no Sudoeste da Bahia, há mais ou menos 400 km de Salvador (se não me engano). Quando li que vc estava vindo o pra cá não exitei, quis dar as boas vindas.
Se sinta acarinhada pelos baianos, é uma honra vc ter escolhido nosso estado para “recomeçar”. Que venham novas propostas de trabalho, novos amigos, mestrado e lógico, novos amores.
Que Deus abençoe sua estadia aqui
Bjs
Rose

Reply

Rose, que linda!

Eu amo a Bahia e amo o povo baiano! Tenho certeza que essa nova fase da minha vida será muito especial e espero que Deus esteja me reservando coisas muito boas por aí! Quando for a Salvador, me avise! Quem sabe a gente se encontra pessoalmente?

Um beijo enorme e obrigada pelo carinho!

Reply

Aviso sim!
Bjs carinhosos p vc!

Reply

Vc não é só gorda. É também mulher, bela, jovem, independente, caucásica e paulista. Assim, como boa baiana conhecedora deste sistema aqui e grata amantíssima por sua terra que sempre bem me recebe e tanto me inspira, sinto-me na obrigação de te avisar: cuidado com um determinado tipo de assédio vindo de um determinado tipo que assedia fingindo te valorizar mas sabendo que está te desvalorizando.
Fora isso, Bahia é a terra de Dias Gomes e Castro Alves. SEja bem vinda !

Reply

Vem com tudo que SSA te espera de braços abertos!
Tenho certeza que os ares baianos lhe trarão muitas forças, energias, e coisas boas. E Nosso Sr. do Bonfim lhe mostrará que a fé de fato move montanhas, e quando a gente quer MUITO, e de CORAÇÃO, a gente consegue! Digo com conhecimento de causa!
Iremos juntas amarrar as fitinhas, pra “marcar” o início da sua caminhada por aqui!
Só pensamentos positivos e coração aberto. A Bahia te espera!
:))
Beijosss

Reply

Ai Marília…vc me fez chorar, viu?!
É tanta coisa nessa minha cabeça que eu nem coloquei no texto, mas nossa…como você tem me ajudado e só Deus sabe o quanto sou grata por tanto carinho e por toda a ajuda. Agradeço a Deus por ter você aí pra me acolher, compartilhar comigo a sua amizade e tudo mais. Você foi um presente que a vida me deu e agora certamente teremos muito mais coisas pra viver e pra contar!
Acredito totalmente em tudo isso que você disse aí e sim, quero muito ir à Igreja do Bonfim amarrar essa fitinha pra marcar esse recomeço que, eu sei, será mágico! Estou muito feliz e muito confiante de que muitas coisas boas acontecerão!

Um beijo enorme

Reply

Oi, Paula! Sei exatamente o que você está sentindo… Há 4 anos me mudei de uma cidade pequena de Santa Catarina para o Rio de Janeiro! No meu caso não foi muito uma escolha, foi porque casei com um carioca, e a vida dele aqui já estava toda certa, já eu… nem sabia ainda direito o que queria fazer de faculdade! Mas posso te contar por experiência própria que a gente cresce muito com isso. A pessoa que eu era antes e a pessoa que sou hoje, nossa…É muito difícil sim ficar longe da nossa família(principalmente da mãe, rs), mas depois vc se acostuma e começa a ter outra visão de vida. Vai com fé que vai dar tudo certo!
Queria aproveitar o espaço, se vc me der permissão, pra dizer que inspirada por você e por várias outras mulheres, resolvi me “expor” e fazer um Blog Pessoal também. Também sou gordinha, mas estou aprendendo a me aceitar assim, e o blog espero que faça um pouco desse trabalho por mim. Se você quiser e puder dar uma conferida http://alemdaetiqueta.com/
Ainda tá no comecinho… Divulguei ele tem só 2 dias! Espero que vc goste! Beijão!

Reply

Que surpresa !!! Sempre visito seu blog e agora descubro que vc vem pra minha terra !!! Menina eu vivia doida pra me mudar de Salvador, mas aí vim passar uns dias na casa dos meus pais em SP e estou sentindo tanta saudade da minha terrinha… do sol… do mar… do céu azul… Como é que se vive sem sol e sem o mar ?
Vc conhece alguém em Salvador ? Tem parentes, amigos ? Olha, pode contar comigo, viu ? Ainda estou em SP, mas volto em julho.

Bjos e sucesso nessa nova caminhada.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *