Hoje temos a estreia de uma nova seção no blog: “Pronto, falaram”! Convidei três amigos, de perfis muito diferentes, para expor seus pontos de vista masculinos sobre assuntos que intrigam o universo feminino. Claro que você já viu algo parecido em outros blogs, mas o foco aqui é outro e os dilemas de quem não tem o corpo da Gisele Bündchen também são diferentes, portanto acho que vocês vão curtir!

Para “inaugurar” a coluna, escolhi o tema lingerie porque sempre gera controvérsias e a gente sempre se mata pra encontrar algo legal e sexy pra agradar o homem e, muitas vezes, ele nem repara e a gente se sente frustrada. Então vamos falar de calcinha bege, frufrus e estampa, mas tenha sempre algo em mente: antes de se vestir para agradar um homem, use uma lingerie que te agrade, que eleve a sua autoestima e te faça sentir mais poderosa. Se você fizer isso, pouco importará se ele irá olhar ou não!

Afinal, o que eles pensam sobre lingerie?

Régis: Particularmente acho legal, e até sexy. Não há essa idéia de que não houve empenho dela pra se produzir e escolher uma lingerie, pois acho que, mais do que tudo, a lingerie que ela usa precisa combinar com o estilo dela.

André: a melhor que tem. A calcinha malandra, a calcinha sem firula. Dá aquele ar despretencioso, acaba sendo mais sexy que aqueles apetrechos cheio de grampos, elásticos etc.

Internético: penso que a lingerie básica seja ideal apenas para o dia a dia. Em uma noite de sexo premeditada, a mulher deve caprichar, pois é na lingerie que um homem de verdade começa a apreciar a beleza de quem está em sua frente.

Régis: Acho sexy e acho que a escolha precisa combinar com a ocasião. Nunca fui muito fã de lingerie com muito exagero, aquela coisa “tudo-ao-mesmo-tempo-agora” renda, babados e lacinhos, estampas, tudo numa só lingerie. Acho que acaba ficando over. Mas uma lingerie rendada e mais trabalhada faz sim, diferença!

André: a sensualidade em forma de calcinha. A renda mostra sem mostrar, sem ser vulgar. Ocasião especial?! Não invente, vá de renda.

Internético: a lingerie com Renda e outros adereços é o tipo que eu mais gosto de ver em uma mulher. Tem toda uma sensualidade em cada detalhe e, sendo eu muito apegado a detalhes, não poderia deixar de reparar e sentir ainda mais desejo ao ver uma mulher usando uma lingerie bem detalhada e sexy.

Régis: Gosto, mas só de zebrinha. De oncinha acho um pouco “perua” demais. E gosto quando a lingerie não se prende apenas às cores originais da estampa, por exemplo, uma calcinha branca zebradinha, com o elástico vermelho ou pink. Pode soar brega, mas acho que fica muito legal.

André: olha, será que você quer ir por ai? Sério, oncinha, zebrinha e vaquinha pode remeter a umas piadas… se for comigo eu perco na risada.

Internético: acho que estampa fica legal se for em uma calcinha pequena e no sutiã. Muita estampa na calcinha dá uma visão um tanto quanto ridícula da mulher e acaba ocultando parte da beleza feminina.

 

Régis: Gosto, mas acho que esse tipo de lingerie se limita bem a ocasiões especiais. Claro que a mulher não vai usar isso pra uma audiência no tribunal pra defender um caso ou ir ao mercado fazer a compra do mês, mas acho que é pra ser usada vez ou outra, em comemorações ou datas especiais.

André: dizem que 11 em cada 10 homens gostam dessas peças de armadura. Eu sinceramente acho complicado, gera esforço desnecessário, é feio e deve ser desconfortável pra cacete. Vá pelo básico que você não erra.

Internético: o uso de espartilho e cinta liga é algo bem-vindo, em minha opinião, mas deve ser usado com moderação, pois nenhum homem gosta de repetir a figurinha e a figurinha estar repetindo a embalagem.

Momento ping-pong

O que vocês pensam sobre lingerie bege?

Régis: não vejo problema com lingerie bege. Tem situações em que a mulher precisa delas, como quando usa uma roupa branca. E mesmo assim, há modelos que não são nada broxantes. E definitivamente, eu não deixaria de pegar uma mulher por conta desse motivo.

André: olha, se algum homem deixar de ficar com uma mulher porque ela tá de lingerie bege… se mata. Muito mais que um aparente desespero masculino por pegar qualquer coisa que se mova, a lingerie bege pode sim, ser provocante. Aquela coisa cor da pele… que beleza.

Internético: use com moderação e bom gosto, pois tem peças que realmente não são sensuais em qualquer cor e há peças que vão ficar sexies.

 

 Qual é a cor de lingerie que vocês mais curtem?

Régis: em ordem de preferência: branca, preta, estampada e vermelha.

André: prefiro as mais claras, como as brancas. Deixam a mulher mais delicada.

Internético: gosto mais de ver uma mulher usando uma lingerie preta, mas quando o clima esquenta e a mulher é realmente boa, qualquer cor (inclusive bege) tornará o sexo satisfatório e prazeroso.

 

Qual a importância da lingerie para você na hora do sexo?

Régis: acho de grande importância! E mais do que uma lingerie bonita, a mulher precisa ter o cuidado de não cair na armadilha de achar que, só porque o namoro já vem de longa data, pode usar calcinhas velhas e surradas…

André: pelo menos pra mim, nula. Acho que mulheres poderiam escolher como homens: conferindo se tá furada ou não.

Internético: a lingerie faz parte das preliminares, apreciá-la e tirá-la devagar é uma das partes importantes de tudo o que rola no pré-sexo.

 

O que vocês pensam sobre lingerie com estampa ou detalhes de bichinhos?

Régis: acho válido, desde que isso caiba no estilo da mulher, ou se faz parte de alguma brincadeira ou momento descontraído para ela junto do parceiro/parceira.

André: acho bacana quando isso faz parte da personalidade dela. É bacana em mulheres com um jeitinho mais molecona, mais Anita.

Internético: estampas só tolero se a mulher estiver usando uma daquelas cuecas femininas. Acho interessante, especialmente porque gosto de mulheres de quadril avantajado que é sempre favorecido por este tipo de calcinha. Sutiã estampado eu gosto, principalmente quando são frutas como cerejas e morangos.

E aí, curtiram? São opiniões bem divergentes e gostos peculiares. Se você tem uma dúvida ou quer sugerir um tema pros meninos debaterem, deixe sua sugestão nos comentários!

Comentários

Recomendados

12 comments

Responder

Adorei a matéria, como estou vendendo lingerie da Provence, converso sempre com mulheres e homens sobre esse assunto, rende muito papo, mas a lingerie bege continua sendo a que os homens menos gostam. Bjs e sucesso!!

Responder

Ameeeeeeeeeeei a nova coluna, achei divertidíssima e, claro, de utilidade total!
E sobre esse tema, especificamente, acho que a matéria serviu pra mostrar que definitivamente não existe uma “receita de bolo” pronta, cada pessoa tem um gosto, então talvez o grande segredo seja mesmo agradar a si mesma, sem exagerar, e aos poucos ir conhecendo melhor o parceiro para entender os gostos dele também.

Responder

Fartinha,

Fico feliz que você tenha curtido! Embora algumas pessoas achem que essas colunas são baboseira, eu acho muito válido ouvir a opinião de homens com personalidades diferentes pra tirar algumas besteiras da nossa cabeça. Acho que você disse tudo em seu comentário!

Um beijão!

Responder

Muito legal!!! E fiquei bem surpresa em ver que 2 dos 3 rapazes preferem calcinha branca!! Foi novidade pra mim!! rs
=))

Responder

Má,

Eu também achava que homem curtia lingerie mais periguete, mas eles surpreenderam! Bom ver que há todos os tipos de gosto, né?!

Bjs

Responder

Adorei a materia. Bom saber as opiniões deles…

Responder

Super gostei do assunto, é algo que eu nunca havia visto sendo comentado.
Me identifiquei muito com o André, caso eu fosse homem pensaria da mesma forma.
Parabéns!!!

Responder

E o comentário mais importante não foi feito. Meninas usem a lingerie que gostarem e quiserem, a cor, o modelo, a marca, o detalhe, aquele que mais lhe aprouver. Faz parte da personalidade, assim como a roupa que usa, a cor do batom que gosta. Eu particularmente acho estas colunas de opinião masculina sobre isso ou aquilo desinteressante, mas sei que algumas meninas ficam na dúvida se o que elas gostam agradam. Pense que se você tem sua personalidade, você não tem que se reprimir ou se policiar para ser você, uma brincadeira de vez em quando ok, mas perder sua identidade por ele, medite sobre sua autoestima e autovalorização. Eu amo estampa de animal e cores não tradicionais, pretinho básico só se for penitência e castigo! Não gosto de renda, mas gosto de bordado. E assim como biquini não se tem a calcinha obrigatoriamente da mesma cor que a parte de cima, faço o mesmo com as lingeries, uso como me sinto bem e me divirto, invadir este espaço é gritar por guerra, assim como eu definir use cuelcinha ao invés de cueca ou troque o samba canção por boxer.

Responder

Oi Aline!

Esse post é muuuuuito antigo…rs! Na verdade esse layout atual do blog não mostra o ano das postagens, mas hoje, por exemplo, eu jamais faria esse tipo de conteúdo, tanto que no blog inteiro só tem esse post nesse estilo perguntando a opinião masculina porque, na época, leitoras pediram! Concordo plenamente com o que você disse: embora às vezes a gente tenha curiosidade de saber o que eles pensam, o mais importante e sempre é usar o que a gente gosta e nos faz sentir bem!

Um beijão

Responder

oi e sobre aquela camisolas pretas rendadas sera que eles aprovam?

Responder

Achei os comentários do Internético um tanto quanto machistas.Amei a matéria, acho que é um assunto bem pouco discutido,mas acho também que tu poderias perguntar para algumas lésbicas também,por exemplo, já que o mundo não gira em torno de como as mulheres devem agradar aos homens.Obrigadaa

Responder

Oi Juliana!

Agradeço sua sugestão, mas eu fiz esse único post, anos atrás, perguntando a opinião de alguns rapazes porque leitoras me pediram. Agora esse tipo de conteúdo vai totalmente contra meus princípios de liberdade, do feminismo e tudo mais. Só não removi esse post do blog porque muita gente ainda o procura, mas ele foi o primeiro e único porque hoje, para mim, a única coisa que importa é sermos felizes como somos e nos agradarmos em primeiro lugar!

Beijos

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Required fields are marked *